Brick Workout

Uma semana antes do duatlo da Amadora decidi fazer um treino conhecido no triatlo como Brick. Este treino consiste em fazer o treino de ciclismo e logo a seguir um treino de corrida simulando assim a sensação que se tem numa prova de triatlo ao fazer esta transição.

Pelo que fui lendo existem duas versões deste treino. Uma em que se faz um treino longo de bicicleta com distância aproximada da prova que se está a preparar e depois um de corrida com uma distância também aproximada à da prova.

Na outra versão, aquela que eu fiz, a ideia é fazer distâncias mais curtas mas repetir várias vezes. Planeei o treino para fazer o seguinte:

1 Km Corrida;
6 Km Ciclismo;
Repetir 4 vezes;
Terminar com 1 Km de corrida.

Já não corro há muito tempo e fiquei surpreendido com o ritmo que me estava a sair naturalmente. É verdade que foi só um quilómetro mas saiu a 05:19 min/km o problema foi quando reparei que estava a chegar à transição com o ritmo cardíaco bastante alto.

A transição foi só descalçar os tenis, calçar os sapatos de ciclismo sair da garagem e meter-me em cima da bicicleta.

Neste primeiro percurso de ciclismo não notei grandes problemas nas pernas por ter corrido antes. Senti mais o facto de ter acabado a corrida com os batimentos muito acelerados o que acabou por demorar mais a estabilizar.

O percurso de ciclismo que decidi fazer era bom por não ter muito trânsito mas por outro lado era todo ele sobe e desce o que fazia com que o ritmo tivesse muitas variações.

Ao terminar a primeira volta do ciclismo, comecei a corrida com aquela sensação de ter dois troncos no lugar das pernas. Parace que vamos muito lentos mas na realidade até vamos a um ritmo bom. Ao longo das 4 repetições que fiz esta sensação foi-se dissipando.

Li algures que no final do treino de ciclismo convem aumentar um pouco mais a cadência para preparar logo as pernas para a transição, tentei fazer sempre isto, não sei se na prática funciona ou não.

Queria ainda antes do triatlo de Lisboa fazer mais um treino destes mas com apenas uma repetição e distâncias mais longas no ciclismo e corrida.

Para a malta mais experiente nestas coisas o que é melhor, fazer treino mais curto e com várias repetições ou fazer apenas uma transição mas com distâncias mais longas?

Treino:

2 comentários:

  1. Muito interessante! Um dia também quero fazer uma experiência dessas! Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Boas experiências. Força!

    Um abraço

    ResponderEliminar